Home » Blog » Reféns do medo

Reféns do medo

pedal noturno voadorQuantas vezes você deixou de fazer alguma coisa por medo da violência ?

Deixou de sair a noite, pois você pode ser assaltado?
Deixou de fazer uma caminhada sozinho pois pode ser assaltado?
Deixou de viajar para algum lugar, pelo alto índice de violência?

Bom, há tempos que venho escutando sobre os assaltos a ciclistas em Piracicaba, principalmente nas regiões da rua do porto, av. Cruzeiro do Sul e, principalmente na Av. Laranjal Paulista. Para evitar estas ocorrências, os grupos tem alterado seus percursos, mas pelo visto o único caminho saudável para um pedal com a bicicleta será dentro do quintal de casa. Ontem não foi diferente, saímos para um pedal no sentido de Tanquinho. No caminho 2 “sinais” nos fizerem dar meia volta e retornar para casa. O primeiro foi quando avistamos no meio do canavial um carro, onde desceram uns 4 homens e ficaram parados no meio do caminho, sem pensar, voltamos. O segundo, no mesmo trecho, fomos parados por um morador, próximo a uma usina nos alertando sobre o alto índice de assaltos a ciclistas lá “no meio do canavial”, onde semana passada 3 foram deixados pelados, sem nada, nada, nada. Não pensamos duas vezes, demos meia volta e retornamos para casa.

Até quando vamos viver reféns disso ? Se nem em uma ciclovia podemos andar mais tranquilamente, não consigo ver um futuro decente para as famílias de bem.

 

Twitter-icon Twitter-icon Twitter-icon